Artigos...

wallpaper wallpaper wallpaper wallpaper wallpaper

terça-feira, 8 de junho de 2010

1 Buscar a glória de Deus implica numa autonegação - Calvino


1. Não busquemos nossos próprios interesses, mas antes aquilo que compraz ao Senhor e contribui para promover sua glória.

Há uma grande vantagem em praticamente esquecermos de nós mesmos e em deixarmos de lado todo o aspecto egoísta; pois assim podemos enfocar nossa devota atenção a Deus e a Seus mandamentos.

Quando a Escritura nos diz para que descartemos todas as considerações pessoais e egoístas, não só exclui de nossas mentes o desejo de riquezas, de poder e favor dos homens, como também faz desvanecer de nossa imaginação as falsas ambições, os apetites por glória humana e outras maldades secretas.

Todo crente deve ter o desejo fervoroso de contar com Deus em cada momento de sua vida.

2.         Um cristão medirá todas as suas ações por meio da lei de Deus, seus pensamentos secretos estarão sujeitos à sua divina vontade.

Se um homem tem aprendido a depender de Deus em cada empreendimento de sua vida, estará liberto de todos os seus desejos vãos.

A negação de nós mesmos, que tem sido tão diligentemente ordenada por Cristo aos seus apóstolos desde o princípio, terminará dominando os desejos de nossos corações.

Esta negação de nós mesmos não deixará lugar para o orgulho, a arrogância, a vangloria, a avareza, a licenciosidade, o amor à luxúria, ao luxo; ou qualquer outra coisa nascida do amor ao "Eu".

Sem o princípio da autonegação o homem é levado à indulgência pelos vícios mais grotescos sem um mínimo de vergonha, e se é que há alguma aparência de virtude nele, a mesma se desvanece por uma paixão desordenada que busca sua própria glória.

Mostra-me um só homem que sem crer na santa lei de Deus e na autonegação, mesmo assim pratica a virtude entre os homens.

3.         Todos aqueles que não têm sido influenciados pelo princípio da autonegação, têm procurado de algum modo seguir a virtude, porém, o têm feito com o desejo de conseguir o louvor por parte dos demais homens.

Ainda que os filósofos sustentem que a virtude é algo desejável por si mesma, se enaltecem em sua arrogância, demonstrando que não dese¬jam a virtude e sim terem uma oportunidade de exercitar seu orgulho.

Deus não se compraz em absoluto com aqueles que são ambiciosos e altivos, cujos corações estão cheios de orgulho e presunção. Desses homens, o senhor disse já terem sua recompensa neste mundo, e que as prostitutas e os fariseus ( arrependidos) estão mais próximos que eles do reino dos céus.

4. Incontáveis são os obstáculos do homem que deseja fazer o que é correto e, ao mesmo tempo, resiste em negar o seu "Eu".

Desde a antigüidade se sabe que há todo um mundo de vícios escondidos na alma humana, porém a autonegação cristã é o remédio para acabar com todos.

Só há libertação para o homem que renuncia a seu egoísmo, e cuja única meta é agradar ao Senhor e fazer o que é bom diante de Seus olhos.

1 comentários:

Internautas Cristãos 10 de junho de 2010 19:59  

Olá irmã,

Parabéns pelo blog.
Ele já está cadastrado em www.internautascalvinistas.com

Deus te abençoe.

Tiago Vieira

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails

Lorem Ipsum

Lorem Ipsum

Lorem Ipsum

Lorem Ipsum

Sponsors

banner3

  © 2009 O CALVINISMO

Back to TOP